Composto encontrado no vinho ajuda a impedir doença incurável em mulheres

Composto encontrado no vinho ajuda a impedir doença incurável em mulheres
28 de fevereiro de 2017

Cientistas da Polônia e dos Estados Unidos descobriram que uma substância encontrada no vinho pode impedir que mulheres desenvolvam a síndrome do ovário policístico (SOP). O estudo revelou que um composto natural do vinho tinto, o resveratrol, pode reduzir a quantidade de hormônios no organismo. Essa substância, encontrada na casca de uvas e em nozes, é conhecida por ter propriedades anti-inflamatórias.

A doença é conhecida por ser uma das principais causas de infertilidade entre mulheres. Ela se desenvolve quando os níveis de hormônios esteroides, como a testosterona, estão altos e causam a formação de cistos. Os sintomas mais comuns são ganho de peso, excesso de pêlos no rosto, acne e até ausência do período menstrual.
O estudo foi feito com 30 mulheres que tinham ovários policísticos. Elas foram divididas em dois grupos: um tomou suplementos que continham 1.500 miligramas de resveratrol e o outro recebeu pílulas de placebo.
As participantes tomaram os comprimidos diariamente durante três meses e doaram amostras de sangue no início e no final do estudo. Além disso, elas receberam um teste de tolerância à glicose para medir o risco de diabetes.
Os resultados surpreenderam os pesquisadores. Os níveis de testosterona das mulheres que tomaram o resveratrol caíram em 23,1%, enquanto aumentaram em 2,9% no caso das voluntárias que receberam placebo. Os níveis de sulfato de dehidroepiandrosterona (DHEAS), outro hormônio que o corpo pode converter em testosterona, também tiveram um declínio de 22,2% no grupo das mulheres que tomaram o suplemento. Já as participantes que ganharam a pílula de placebo tiveram um aumento de 10,5% na quantidade de DHEAS em seu sangue.
Houve também uma redução no risco de diabetes entre as mulheres que tomaram o resveratrol. Elas se tornaram mais sensíveis à insulina, sendo que os níveis desse hormônio em seu sangue caíram 31,8%.

 

Apesar de interessantes, ambas as pesquisas não afirmam que uma taça de vinho por dia irá aumentar seu tempo de vida ou proteger as mulheres contra as doenças. Isso porque, o resveratrol é encontrado em baixas quantidades na bebida. Para chegar a uma quantidade de duas pílulas de 250 miligramas da substância, seria preciso beber mais de mil garrafas de vinho tinto por dia.

 

Segundo um artigo publicado no site The Conversation e escrito por Lindsay Wu, professor da University of New South Wales, na Austrália, um medicamento feito à base de resveratrol ainda não é vendido, pois quando o composto é ingerido, o fígado o degrada rapidamente. Assim, apenas uma quantidade pequena é distribuída pelos tecidos, causando pouco efeito.
Para ter algum efeito, a substância teria de ser administrada em doses elevadas. No entanto, uma grande quantia de resveratrol pode causar problemas intestinais, como diarreia.
Fonte: Exame

Aproveite o Carnaval na Laurentia
23 de fevereiro de 2017

Neste Carnaval, para quem busca um diferencial para às festividades, a dica é aproveitar uma experiência tranquila. Opte por um passeio na Laurentia Vinhedos do Brasil para curtir a Parrilla Uruguaia, oferecida todas as quintas à domingos nos meses de fevereiro e março.

 

Nos jardins da vinícola, você poderá apreciar uma experiência gastronômica gourmet no conceito de restaurantes sem paredes. A parrilla é feita à lenha, puxada a trator por toda fazenda.

 

No cardápio, oferecemos uma seleção de carnes Premium uruguaias, linguiças caseiras, pães artesanais, diferentes saladas, molhos típicos, legumes grelhados e sobremesas. Para acompanhar, nossos espumantes, vinhos e sucos de uva serão escolhidos e harmonizados pelo sommelier.

 

Além disso, você também terá a chance de participar de um passeio com tour dirigido pelo enólogo, a fim de conhecer todo o processo de fabricação dos vinhos. A gastronomia é 100% produzida aqui.

 

Aproveite e faça logo sua reserva! Vagas limitadas. Data: quintas-feiras à domingos (no mês de fevereiro e março). Horário: das 12h à s16h. Reservas pelo número: (51) 31023269 ou pelo e-mail reservas@laurentia.com.br.